Grande Oriente Lusitano

entrevista lusa

Entrevista do Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano á agência Lusa

No dia 6 de dezembro de 2023, o Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Cabecinha, concedeu, no Palácio Maçónico, uma entrevista à Lusa, Agência de Notícias de Portugal, no âmbito da conclusão do seu 2.º ano de mandato.

O Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) mostrou-se preocupado com a degradação do direito à habitação ou à saúde e criticou a falta de empenho dos eleitos na resolução destes problemas.

Vivemos uma crise internacional, mas também nacional. Hoje o direito à habitação tem de ser melhorado”, como “o direito a um ensino de qualidade, o direito à saúde, que é fundamental para todos” ou o “direito a uma justiça equitativa”, afirmou, em entrevista à Lusa, Fernando Cabecinha.

Os “pilares da democracia estão todos em crise, muito por ação dos atores sociais”, porque “parece que se perdeu a noção de serviço público”, disse.

Os eleitos são eleitos para promoverem o bem-estar dos cidadãos e penso que isto está hoje afastado da realidade”, lamentou.

Numa análise a estes dois anos de mandato, Fernando Cabecinha, faz um balanço positivo do trabalho que tem vindo a desenvolver, que procurou recuperar o Grande Oriente Lusitano depois da pandemia, com uma política de proximidade com as Lojas e com os seus membros.

Ler mais:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/maconaria-lamenta-pouco-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas_n1535940

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/nesta-loja-nao-podiam-entrar-mulheres-maconaria-decide-hoje-a-sua-presenca-no-grande-oriente-lusitano

https://www.dn.pt/politica/grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao–17481755.html

https://visao.pt/atualidade/sociedade/2023-12-11-grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao/

https://expresso.pt/sociedade/2023-12-11-Maconaria-diz-que–os-pilares-da-democracia-estao-todos-em-crise-e-lamenta-falta-de-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas-8e8bccfc

No dia 6 de dezembro de 2023, o Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Cabecinha, concedeu, no Palácio Maçónico, uma entrevista à Lusa, Agência de Notícias de Portugal, no âmbito da conclusão do seu 2.º ano de mandato.

O Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) mostrou-se preocupado com a degradação do direito à habitação ou à saúde e criticou a falta de empenho dos eleitos na resolução destes problemas.

Vivemos uma crise internacional, mas também nacional. Hoje o direito à habitação tem de ser melhorado”, como “o direito a um ensino de qualidade, o direito à saúde, que é fundamental para todos” ou o “direito a uma justiça equitativa”, afirmou, em entrevista à Lusa, Fernando Cabecinha.

Os “pilares da democracia estão todos em crise, muito por ação dos atores sociais”, porque “parece que se perdeu a noção de serviço público”, disse.

Os eleitos são eleitos para promoverem o bem-estar dos cidadãos e penso que isto está hoje afastado da realidade”, lamentou.

Numa análise a estes dois anos de mandato, Fernando Cabecinha, faz um balanço positivo do trabalho que tem vindo a desenvolver, que procurou recuperar o Grande Oriente Lusitano depois da pandemia, com uma política de proximidade com as Lojas e com os seus membros.

Ler mais:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/maconaria-lamenta-pouco-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas_n1535940

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/nesta-loja-nao-podiam-entrar-mulheres-maconaria-decide-hoje-a-sua-presenca-no-grande-oriente-lusitano

https://www.dn.pt/politica/grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao–17481755.html

https://visao.pt/atualidade/sociedade/2023-12-11-grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao/

https://expresso.pt/sociedade/2023-12-11-Maconaria-diz-que–os-pilares-da-democracia-estao-todos-em-crise-e-lamenta-falta-de-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas-8e8bccfc

entrevista lusa

Entrevista do Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano á agência Lusa

No dia 6 de dezembro de 2023, o Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Cabecinha, concedeu, no Palácio Maçónico, uma entrevista à Lusa, Agência de Notícias de Portugal, no âmbito da conclusão do seu 2.º ano de mandato.

O Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) mostrou-se preocupado com a degradação do direito à habitação ou à saúde e criticou a falta de empenho dos eleitos na resolução destes problemas.

Vivemos uma crise internacional, mas também nacional. Hoje o direito à habitação tem de ser melhorado”, como “o direito a um ensino de qualidade, o direito à saúde, que é fundamental para todos” ou o “direito a uma justiça equitativa”, afirmou, em entrevista à Lusa, Fernando Cabecinha.

Os “pilares da democracia estão todos em crise, muito por ação dos atores sociais”, porque “parece que se perdeu a noção de serviço público”, disse.

Os eleitos são eleitos para promoverem o bem-estar dos cidadãos e penso que isto está hoje afastado da realidade”, lamentou.

Numa análise a estes dois anos de mandato, Fernando Cabecinha, faz um balanço positivo do trabalho que tem vindo a desenvolver, que procurou recuperar o Grande Oriente Lusitano depois da pandemia, com uma política de proximidade com as Lojas e com os seus membros.

Ler mais:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/maconaria-lamenta-pouco-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas_n1535940

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/nesta-loja-nao-podiam-entrar-mulheres-maconaria-decide-hoje-a-sua-presenca-no-grande-oriente-lusitano

https://www.dn.pt/politica/grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao–17481755.html

https://visao.pt/atualidade/sociedade/2023-12-11-grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao/

https://expresso.pt/sociedade/2023-12-11-Maconaria-diz-que–os-pilares-da-democracia-estao-todos-em-crise-e-lamenta-falta-de-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas-8e8bccfc

No dia 6 de dezembro de 2023, o Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Cabecinha, concedeu, no Palácio Maçónico, uma entrevista à Lusa, Agência de Notícias de Portugal, no âmbito da conclusão do seu 2.º ano de mandato.

O Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) mostrou-se preocupado com a degradação do direito à habitação ou à saúde e criticou a falta de empenho dos eleitos na resolução destes problemas.

Vivemos uma crise internacional, mas também nacional. Hoje o direito à habitação tem de ser melhorado”, como “o direito a um ensino de qualidade, o direito à saúde, que é fundamental para todos” ou o “direito a uma justiça equitativa”, afirmou, em entrevista à Lusa, Fernando Cabecinha.

Os “pilares da democracia estão todos em crise, muito por ação dos atores sociais”, porque “parece que se perdeu a noção de serviço público”, disse.

Os eleitos são eleitos para promoverem o bem-estar dos cidadãos e penso que isto está hoje afastado da realidade”, lamentou.

Numa análise a estes dois anos de mandato, Fernando Cabecinha, faz um balanço positivo do trabalho que tem vindo a desenvolver, que procurou recuperar o Grande Oriente Lusitano depois da pandemia, com uma política de proximidade com as Lojas e com os seus membros.

Ler mais:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/maconaria-lamenta-pouco-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas_n1535940

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/nesta-loja-nao-podiam-entrar-mulheres-maconaria-decide-hoje-a-sua-presenca-no-grande-oriente-lusitano

https://www.dn.pt/politica/grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao–17481755.html

https://visao.pt/atualidade/sociedade/2023-12-11-grande-oriente-lusitano-aprova-entrada-de-mulheres-na-organizacao/

https://expresso.pt/sociedade/2023-12-11-Maconaria-diz-que–os-pilares-da-democracia-estao-todos-em-crise-e-lamenta-falta-de-empenho-dos-politicos-na-resolucao-dos-problemas-8e8bccfc