Grande Oriente Lusitano

Museu Maçónico Português

São mais de 200 anos de Historia da Maçonaria em Portugal a que se encontra disponível para os visitantes do Museu Maçónico Português. Criado em 1984 pelo Grande Oriente Lusitano, uma das mais antigas Obediências maçónicas europeias, o Museu está localizado no piso de entrada do Palácio Maçónico, sede do Grande Oriente Lusitano, na Rua do Grémio Lusitano, 25 em Lisboa.

O visitante pode ver muitos dos símbolos maçónicos usados nos rituais – aventais, espadas, pilares, mosaicos, luvas, esquadros, compassos, fios-de-prumo – e começar por conhecer algum do seu significado. Para que servem e o que significam nos ideais da Maçonaria, que por razões de sobrevivência tantas vezes foi secreta e agora é apenas discreta.

Através das peças que tem expostas, o Museu Maçónico Português é uma instituição que reflete a História de Portugal e da Europa nos últimos 250 anos. 

 

História

De todas as perseguições à Maçonaria, a mais grave e recente ocorreu em 1935, apoiada na Lei nº 1901 que proibia as associações secretas. As portas do Palácio Maçónico foram então seladas e o edifício saqueado e confiscado para ser entregue à Legião Portuguesa.

Só em 1974 veio a ser devolvido, na sequência da revolução de 25 de Abril, que pôs fim à ditadura e implementou a democracia. Grande parte das decorações maçónicas do palácio e o antigo espólio tinham desaparecido.

Foi necessário pesquisar nas instalações da antiga escola da PIDE, na Biblioteca Nacional e nos sótãos do Ministério das Finanças para encontrar algumas peças e documentação perdida. A esse espólio vieram juntar-se muitas outras peças de grande valor para a História da Maçonaria em Portugal, quer por doação, quer por aquisição em leilões.

Considerado um dos melhores museus europeus da sua especialidade, o Museu Maçónico Português é membro da ICOM – International Council of Museums, organização criada por e para profissionais de museologia há quase 70 anos, que reúne mais de 20 mil museus do mundo inteiro. Desde Julho de 2012, o MMP é igualmente membro da Associação de Museus, Bibliotecas e Arquivos Maçónicos Europeus – AMMLA – que engloba outras trinta entidades, seus pares.

O Museu Maçónico Português organiza exposições temáticas, conferências e uma série de outros eventos, com grande assiduidade. Não deixe de consultar a sua Agenda.